sexta-feira, 3 de abril de 2009

Bruma - A Fada

Olá!!! Amigos,
Hoje vou compartilhar com vocês, duas poesias, para duas pessoas que entraram na minha vida e permitiram que eu entrasse nas delas. Duas amigas que amo muito!!!!
Beijinhos,
Karina.
************
Bruma - A Fada

Bruma que voa alto com as asas a bater
Livre com o vento e a brisa em seu rosto
Pronta a auxiliar quem precise
Mas nunca aprisionada pelo tempo e pela vida
Bruma que como pluma flutua no imenso mundo, sempre retornando aos seus, as florestas, as águas, a natureza, são as suas verdadeiras moradas
Agregando ao longo dos tempo muita sabedoria e humildade em nos passar tais ensinamentos adquiridos
Bruma que se alinha no tempo, que voa dançando, leve junto com as fadas, ao som das flautas e dos tambores
Bruma que rodopia em volta das fogueiras, acompanhando as salamandras
Bruma que sabe ser amiga e companheira
Bruma que sente na alma e transmite com suas belas palavras seus mais íntimos pensamentos e ensinamentos
Bruma que na pureza de seu espírito emotivo e sensível dá forma a variadas histórias, que nos permite viajar atemporalmente, apenas imaginando suas linhas
Bruma, amiga querida a você eu dedico esse meu carinho e amizade.
Obrigada por fazer parte da minha Vida!

2 comentários:

Bruma Artio disse...

Agora você me emocionou até as lágrimas. Obrigada gentil Ana, você é realmente uma alma muito doce. Obrigada por seu carinho, tenho até vontade de postar esse poema nos testemunhos do meu orkut..rs..
Um suave bater dasas da amiga das fadas e sua amiga também pela eternidade.

)0(

Eliane Santoro da Costa disse...

Nossa Karina Fiquei encantada com o que escreveu para a Bruma!

Beijins iluminados!