terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Apego & Desapego

Encontrei esses dois textos, sobre Apego e Desapego, por serem muito interessantes, esclarecedores e simplesmente verdadeiros. Sendo um assunto muito sério, quantas pessoas não sofrem de maneira grave por não aceitarem mudanças, por não conseguirem ser livres e ir em busa de suas conquistas? ou o fato de não evoluir diante da vida por comodismo? ou aquela pessoa que vive infeliz dentro de um relacionamento afetivo, já naufragado por simples apego? Entre tantos outros exemplos. Por isso, compartilho com vocês esses textos. Espero que gostem.
Beijinhos,
Karina.
*****************************
Apego

O apego está relacionado ao agarrar-se. Agarrar algo é um ato superficial, não existencial. Todos nós somos apegados à alguma coisa, entretanto sabemos o quanto sofremos quando temos que abrir mão daquilo que estamos apegados. Saiba que o apego limita nossos verdadeiros desejos. Quando estamos apegados somos mesquinhos e egoístas e não estamos seguindo o fluxo da natureza. A natureza é desapegada. Por exemplo, quando um pássaro bota um ovo, a mãe está presente até o momento em que seu filhote nasce, cresce e fica forte. Depois, o pequeno pássaro vai buscar o seu próprio caminho. A mãe não se apega ao filhote que agora já é um adulto. Existem diversas formas de apego as quais podemos renunciar. Faça uma reflexão interna e perceba qual apego que existe hoje em sua vida e qual você já estã disposto a deixar fluir:
Tipos de Apego
Apego ao ego: está relacionado a idéias e pensamentos fixos, sendo que pessoas apegadas ao ego são menos compreensíveis e mais preconceituosas. Atividades junto a natureza propiciam uma quietude interna, onde observamos menos conflitos de egos. Por exemplo, se imagine em uma caminhada na trilha de uma floresta com outras pessoas. Geralmente, as pessoas estão mais interessadas nas paisagens, no clima, nos animais que poderão surgir, sentindo e curtindo o que a natureza tem de bom. Um outro exemplo acontece nos retiros espirituais: exigimos menos e somos exigidos menos também, portanto não há nada que precisa ser provado. Na vida cotidiana estamos sempre pensando em termos de "meu espaço", "meu tempo", "meu trabalho","meus objetos", "meus amigos", "meu cachorro". Quando largamos tudo isso, podemos assim permitir que outros entrem em nossas vidas tornando-se mais próximos de nós mesmos.
Apego à opiniões estreitas: ocorre quando o indivíduo está apegado à concepções que não funcionam. Pode ocorrer também quando a pessoa estabelece uma opinião fixa em relação à vida de outra pessoa. Por exemplo: quando o pai ou mãe exige que a sua filha siga uma carreira escolhida por um deles. Essas pessoas costumam projetar os seus desejos e opiniões em cima das outras pessoas, sendo que a última palavra deverá ser a dela, tornando a situação desagradável. Uma solução seria usar uma percepção meditativa, sem julgamentos, para abrir nossas mentes e fluir com as idéias - em vez de se fixar nelas.
Apego ao princípio do prazer e da dor: podemos perceber esse apego em pessoas dependentes de bebidas, chocolates, vícios, romances que nunca dão certo, família etc. Para exemplificar este tipo de apego imaginem a seguinte cena: uma mulher é questionada se é feliz no casamento e dá a seguinte resposta: "Eu acho que sim, apesar do meu marido bater em mim e no meus filhos, ele é trabalhador, não deixa faltar nada em casa. Enfim, nunca parei para pensar nisso, estamos juntos há tanto tempo. Acho que acostumei com isso, não me vejo sem ele." Esse é um caso fictício, porém típico de apego ao sofrimento. Ficamos tão presos as rotinas familiares de relacionamentos dolorosos que nem sabemos mais como soltá-las e caminhar em outra direção mesmo quando fica evidente que isto é o que nos convém.
Apego à ritos e rituais vazios: ocorre quando as pessoas se agarram a dogmas vazios o tempo todo, não sendo capazes de abrirem suas mentes e pensar por si mesmos porque acreditam em alguma coisa simplesmente porque foi dito por alguma autoridade ou porque está escrito em um livro. Apego à visão limitada e míope que só é capaz de enxergar a partir de um único ponto de vista: quando expandimos nossa auto-percepção, passamos a ver, ouvir e sentir a partir de um outro ponto de vista, mais amplo. Podemos sentir a fragrancia divina ou intuirmos uma presença impalpável, porém autêntica. Ao nos sentirmos compelidos a aprender e amar, precisamos olhar com mais profundidade para as complexidades de nossas experiências, com todos os seus diversos níveis interligados, dimensões variadas e múltiplas formas de existência.

Autor: Elaine Lilli FongInstituto União
____________________________________
Desapego
Desapego... que exercício difícil para nós ainda presos ao ego humano... o apego é uma das maiores ilusões da vida terrena... apegar-se a que? A quem? Apegar-se para que? Se tudo é transitório, se tudo é passageiro... O apego é uma das fontes de maior sofrimento... quanta dor, quantas lágrimas por nada. O apego é o mesmo que querermos segurar o vento, o ar... somente com o desapego é que podemos ter... ter o que é da alma... porque nós não temos... nós simplesmente somos... somos o que somos.O sofrimento do apego se inicia aqui, na Terra, quando presos aos mayas* acreditamos ter posse sobre as coisas materiais; a nossa terra, a nossa casa, as nossas roupas, a nossa beleza, o nosso carro, o nosso cargo, a nossa posição social, o nosso talão 5 estrelas, o nosso cartão de crédito internacional, a nossa empresa e assim por diante... Claro que a prosperidade é um direito do ser, é estarmos em sintonia com a energia da abundância cósmica, mas não podemos confundir com posse... Alguns tem um forte sentimento de apego dentro de um Fusca 64 e outros passarão totalmente desapegados dentro de uma carrão do ano... nós aprendemos na Luz e na sombra... temos que perder para darmos valor ao ganhar, temos que passar pela escassez para aprendermos a buscar a abundância; e a vida é uma grande roda, que gira e gira e nós vamos vivenciando todos os desafios, todas as situações para adquirirmos sabedorias... tudo é cíclico... tudo é empréstimo temporário para o nosso aprendizado. Quanto sofrimento é gerado à alma no momento do seu desencarne, quando, presa aos apegos terrenos... não alcança a Luz porque está olhando as sombras; não atinge um nível maior de consciência porque está presa à inconsciência dos apegos terrenos... Devemos sim viver os prazeres da terra, com o desapego da alma... vivendo aquilo que a vidastá nos proporcionando sem a prisão do medo da perda... E o que dizermos do apego emocional? Ah... é mais e muito mais dolorido! Criamos inúmeras vezes na nossa mente, no nosso corpo emocional, a ilusão de que o outro nos pertence, que nós temos posse sobre o outro e também vendemos a ilusão que o outro tem posse sobre nós... e neste jogo emocional vivemos anos, vidas inteiras e criamos laços carmáticos profundos... e o mais irônico, para não dizer o mais triste, é que nos atrevemos, presos a esta visão distorcida, a chamar isto de amor! Mas temos que compreender que para atingirmos o Desapego e o Amor Maior, temos que vivenciar o apego e o amor terreno. São os nossos primeiros passos para alcançarmos a sabedoria dos Mestres. Nós confundimos apego profundo com desapego e não conseguimos realmente enxergar nossa confusão e a vida faz a parte dela, ou seja, gera o desapego para percebermos o quanto estávamos apegados. Na minha própria experiência de vida e na minha experiência profissional já tive a abençoada oportunidade de perceber esta distorção. Na minha mente vêm, neste momento, dois ou três casos recentes que ilustram esta situação e vou citar um deles para que, através de uma profunda reflexão, sirva-nos como um aprendizado, porque a humanidade é interligada e um influencia o outro; o aprendizado de um altera o todo. “A Maria e o João foram casados por quase 20 anos. O João se apaixonou pela Joana e foi embora em busca da sua felicidade, real ou ilusória, não importa aqui. Isto já faz dez anos... O João foi embora mas continuou iludindo a Maria. Não permitia que ela se desprendesse dele. Visitava-a constantemente, a presenteava sempre, escrevia cartas dizendo da sua ligação com ela, que não conseguia esquecê-la, mas que não tinha forças para deixar a Joana pois ela era tão frágil... tão necessitada dele... e que a Maria sim, era forte, e como ele a admirava por isso e que a Maria poderia compreender e esperar que ele resolvesse a situação... e que tentaria resolver o mais breve possível e em algumas vezes até deixava transparecer que seu desespero era tão grande que poderia até se suicidar e que a Joana era tão dependente que se ele a deixasse provavelmente ela seria capaz de fazer uma loucura e o que seria dele? E a consciência e responsabilidade dele? Nunca mais se perdoaria. A Joana era tão depressiva... até tomava vários medicamentos... e a Maria nisso tudo? Um verdadeiro exemplo de desapego... negou a própria vida, parou de lutar por suas metas, escondeu-se atrás destas migalhas ilusórias e ficou aguardando esperançosa o retorno do João; ficou adiando ser feliz por todos esses anos... Quando o João retornasse como seriam novamente felizes”! Desapego? Amor incondicional? Baixa auto-estima? Sim, pode até ser “amor” mas o amor incondicional é desapego e desapego é amor incondicional... é querer a felicidade e o bem estar do outro e de si mesmo. Mas para amarmos o outro temos também que nos amar e nos respeitar. Será que não é um apego tão forte, tão enraizado, que não permitimos que o outro seja feliz e num grande auto boicote, optamos em sermos infelizes para não nos desapegarmos do outro e não permitirmos que o outro se desapegue de nós. O que aparenta desapego é um profundo apego; tão forte que preferimos renunciar à própria felicidade do que renunciarmos ao outro. Estejamos atentos aos mayas... aos autoboicotes... às migalhas que acreditamos merecer...

Desapego nos liberta. Apego nos aprisiona.

Exercitemos o desapego das coisas materiais, das ilusões emocionais, dos rancores, das mágoas, de tudo aquilo que nos aprisiona.

Libertemo-nos! Sejamos livres no Desapego!

Fonte: *Mayas (do sânscrito): "Ilusão". - stu/ por: Ingrid Dalila Engel

16 comentários:

BruMa disse...

Verdadeiro e muito esclarecedor esse texto linda.
Adorei teu espaço, virei aqui sempre.

Um suave bater dasas.

)0(

O Astrólogo disse...

oi Karina....coloquei seu blog..entre os q acompanho sempre...estarei sempre por aqui...querida...beijos.

Guinevere disse...

Olá Farina, é um prazer enorme te conhecer, seu espaço é lindo! Obrigado pela sua visita!

Bênçãos Plenas!
)O(

Cesão disse...

Este texto tocou fundo em minhas deficiências, foi um grande espelho pra mim!
Muito obrigado!
Lindo seu blog!!!

joel disse...

Mt Bomm Ana Karina! esse texto é mt bom e sempre é maravilhoso encontrar material de tamanha qualidade! Valeu!!

Anônimo disse...

Excellent blog! I genuinely love how it' s easy on my eyes and also the details are well written. I am wondering how I could be notified whenever a new post has been made. I have subscribed to your rss feed which should do the trick! Have a nice day!

Anônimo disse...

I am not so skilled to be competent to give words to worthy stuff like you do but I am trying to pay it back so hoepfully this will produce you a smile of recognition or make you snort or at the very least give you a thought for the day? :

I am always doing that which I cannot do, in order that I may learn how to do it. Pablo Picasso



Source: [url=http://www.fermedesarpentsroses.com/wordpress/?p=1]article post[/url]

Anônimo disse...

Hello. And Bye.[url=http://www.michael-jackson-thriller.com]Michael Jackson Thriller[/url]

Anônimo disse...

Oi espectacular assunto , gostei muito, talvez poderiamos tornar-nos blog palls :) lol!
Tirando as brincadeiras o meu nome é Nuno, e assim como tu publico paginas se bem que o tema principal da minha página é muito distinto do teu....
Eu faço sites de poker sobre ofertas grátis sem ter de fazer depósito sem teres de por do teu bolso......
Apreciei bastante o que li aqui outra vez
Voltarei!:)
Ps:tenho um portugues ruim.

Anônimo disse...

HI, I just joined this community. I m from China. I like this forum.......hope to learn lot of things here ;-)





------------------------------------------------------------------------
My Poker Blog: Best Online Poker Sites For Poker details

Anônimo disse...

I just added this web site to my rss reader, great stuff. Can't get enough!

Anônimo disse...

I'm frequently to blogging and i certainly appreciate your content. The write-up has really peaks my interest. I'm going to bookmark your internet site and maintain checking for new data.

[url=http://jordanshoesforsale1.webstarts.com/]Air Jordan Shoes For Sale[/url]

Anônimo disse...

Right now it seems like Movable Type is the preferred
blogging platform out there right now. (from what I've read) Is that what you are using on your blog?

my webpage torontowinetasting.com

Anônimo disse...

I am really glad I've found this information. Nowadays bloggers publish only about gossips and internet and this is really annoying. A good website with exciting content, this is what I need. Thanks for keeping this website, I will be visiting it. Do you do newsletters? Can not find it. If any ones needs some expert web design or seo search engine optimization help check out my los angeles web design seo company website Los Angeles web design los Angeles top website designers and seo company mobile application developers they are able to make your blog dominate on the internet. My spouse and I absolutely love your blog and find most of your post's to be precisely what I'm looking for. I would like to thnkx for the efforts you've put in writing this blog. I'm hoping the same high-grade web site post from you in the upcoming also. In fact your creative writing skills has inspired me to get my own site now. Really the blogging is spreading its wings fast. Your write up is a great example of it. If you get a chance check out my friends website Qi Gong Master he is a qi gong expert that moved here from hawaii and I made him a website so he can make some cash with buying used batteries

Anônimo disse...

Great post! We are linking to this great article on our website.
Keep up the great writing.

My homepage: Http://www.cosavista.net/ordering-Clothing-online/

Anônimo disse...

I want to to thank you for this very good read!
! I absolutely loved every bit of it. I have you book marked to check
out new things you post…

Also visit my web-site Click on code6studio.com